CANTOR DA CANETA AZUL REGISTRA SUA MÚSICA EM CARTÓRIO.

E OS FUNCIONÁRIOS PARARAM PARA FAZER SELF COM CANTOR.

Imagem: Reprodução

Manoel Gomes mostrou que não é apenas um entusiasta da caneta azul, mas também, acima de tudo, precavido. Ciente de todo o sucesso de seu hit, o autor da música tratou de ir até o cartório da cidade de Balsas (MA), onde mora, no início da tarde de segunda-feira 28/10 para dar inicio ao processo de registro dos direitos autorais da música que viralizou nos últimos dias.

De acordo com o site O Imparcial, Manoel se dirigiu a um cartório, acompanhado de seu advogado Arnaldo Gomes, e aproveitou para solicitar também o registro de outra composição de sua autoria, essa com menos burburinho, chamada de “Vou Deixar de Ser Besta”.

A caneta amarela é até citada na música, apenas de passagem, e logo é esquecida. A tonalidade favorita de Van Gogh não goza do mesmo prestígio com o maranhense Manoel Gomes, cujo coração pertence ao azul. Entretanto, este relacionamento monocolor foi manchado pelo cinza da saudade quando a amada caneta azul se esvaiu das mãos do estudante.

De coração partido e tomado pela saudade da caneta escanteada pelo Enem – que aceita unicamente a preta em suas provas – o autor compôs esta música, que na verdade é um apelo suplicando pelo retorno de sua amada.

Imagem: Reprodução

Inspirado por esta dor, ele conseguiu superar o obstáculo de ter uma paleta de cores reduzida, tingiu e atingiu o sucesso com um hit que viralizou em todo Brasil.

Fonte da notícia:

www.correio24horas.com.br/noticia/nid/autor-de-caneta-azul-vai-a-cartorio-registrar-direitos-autorais-do-hit/